Pular para o conteúdo principal

Atletas poliesportivos no UFC

Do futebol americano ao beisebol e rugby, diversos atletas começaram em outros esportes antes de tentarem o MMA

Nos dias que antecederam a luta entre Jon Jones e Dominick Reyes no UFC 247, muita atenção foi dada ao passado de Reyes como atleta poliesportivo. Reyes promoveu suas conquistas anteriores - como jogador de futebol americano e beisebol - enquanto Jones zombava da ideia de que isso seria uma vantagem.

Social Post

“Vencer desconhecidos fez ele se convencer de que é um atleta melhor que o resto do mundo. Se ele fosse tão bom teria vencido o campeonato estadual da Califórnia no wrestling, teria chegado à primeira divisão, teria no mínimo feito parte de uma equipe de treinos na NFL. Esse cara está delirando”

Social Post

“DC competiu nas finais da NCAA e nas Olimpíadas, OSP foi da primeira divisão do futebol americano, Bader é o atual duplo campeão no Bellator, Vitor é extremamente rápido e explosivo, Lyoto treina desde os cinco anos, Glover estava em uma sequência de 20 vitórias, mas acho que nenhum desses caras era atleta”

Todos sabemos o que aconteceu a seguir: Reyes deu a Jones o teste mais difícil de toda sua carreira. Era raro ver um oponente de Jones ser imperturbável e capaz de igualar seu imponente atletismo físico.

Dado o sucesso recente de Reyes e com o potencial de revanche contra Jones, é uma boa hora para relembrar alguns dos outros atletas poliesportivos do UFC.

Veja também: Quatro campeões norte-americanos que começaram a lutar no Brasil | Análise de momento: peso-mosca feminino | Em época de Coronavírus, treine em casa com o coach de Amanda Nunes | Melhores estrangulamentos da história do UFC

Futebol Americano

O futebol americano pode ter a maior conexão com o MMA do que qualquer outro esporte, já que o treinamento corporal ao longo da vida e a natureza física do esporte tem uma tonelada de paralelos entre o campo e o Octógono. As evidências estão na lista do UFC: Greg Hardy, Eryk Anders, Ovince Saint Preux e Gian Villante são todos lutadores ativos do UFC que jogaram na Divisão I. Anders e Saint Preux jogaram nas renomadas escolas da SEC Alabama e Tennessee, respectivamente, e Hardy é ex-jogador profissional da NFL.

Exemplos do passado são os lutadores dos pesos-pesados Brendan Schaub e Matt Mitrione, e o ex-campeão Brock Lesnar.

LAS VEGAS - JULY 03: Brock Lesnar reacts after his second round submission victory against Shane Carwin to win the UFC Heavyweight Championship Unification bout at the MGM Grand Garden Arena on July 3, 2010 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
LAS VEGAS - JULY 03: Brock Lesnar reacts after his second round submission victory against Shane Carwin to win the UFC Heavyweight Championship Unification bout at the MGM Grand Garden Arena on July 3, 2010 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Josh Hedges/Zuff

Basquete

A lista de ex-jogadores de basquete que competem no UFC é muito mais curta. Mais notavelmente, no entanto, existe o atual nº 9 do ranking dos pesados, Walt Harris. Com seus 1,95m, Harris jogou na universidade em Jacksonville antes de se concentrar no MMA. Tudo indica que foi uma decisão sábia, já que o atleta não perde desde 2017 e estava escalado para enfrentar Alistair Overeem na luta principal do UFC Portland.

O ex-lutador peso-pesado Travis Browne era um jogador de basquete de sucesso em San Diego. Com 1,87m, o “Happa” não começou a treinar MMA até bem mais tarde – mas a transição foi suave, pois ele se manteve invicto até sua 15ª luta profissional.

E, é claro, essa lista não estaria completa sem mencionar o atual campeão dos leves do UFC, Khabib Nurmagomedov.

OTTAWA, ON - MAY 04: Walt Harris celebrates his TKO victory over Serghei Spivac of Moldova in their heavyweight bout during the UFC Fight Night event at Canadian Tire Centre on May 4, 2019 in Ottawa, Ontario, Canada. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
OTTAWA, ON - MAY 04: Walt Harris celebrates his TKO victory over Serghei Spivac of Moldova in their heavyweight bout during the UFC Fight Night event at Canadian Tire Centre on May 4, 2019 in Ottawa, Ontario, Canada. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa

Rugby

Miocic não é o único campeão atual do UFC a encontrar sucesso fora do MMA. Alexander Volkanovski tem um dos passados esportivos mais interessantes do UFC, detalhando sua mudança de peso de quando abandonou o rugby para se dedicar ao MMA. Como jogador de rugby, Volkanovski pesava 97 Kg – uma diferença enorme se comparado ao seu peso de luta, 65,7 Kg.  

Volkanovski encontrou o equilíbrio certo. Ele tem um cartel 21-1 na carreira profissional e conquistou o cinturão do peso-pena ao vencer o campeão de longa data Max Holloway em dezembro passado, no UFC 245.

Outro atleta da elite australiana do UFC, o peso-pesado Tai Tuivasa, também competiu no rugby. O infame bebedor de "shoeys" jogou profissionalmente em Sydney.

LAS VEGAS, NEVADA - DECEMBER 14: Alexander Volkanovski of Australia celebrates his win during the UFC 245 event at T-Mobile Arena on December 14, 2019 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC)
LAS VEGAS, NEVADA - DECEMBER 14: Alexander Volkanovski of Australia celebrates his win during the UFC 245 event at T-Mobile Arena on December 14, 2019 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Beisebol

Talvez o nome mais popular nesta lista seja o campeão dos pesos-pesados Stipe Miocic. Miocic jogou beisebol universitário em Trevecca Nazarene em Nashville, Tennessee. Em sua melhor temporada, ele bateu .344 com sete home runs e guiou seu time a um campeonato.

Miocic estava lutando no UFC por quase cinco anos antes de ganhar a disputa do título contra Fabricio Werdum em 2016. Ele nocauteou o brasileiro e defendeu o cinturão dos pesos-pesados por três vezes consecutivas - um recorde no UFC.

É difícil colocar Scott Holtzman em apenas uma dessas categorias. O peso meio-médio (vencedor de 5 das últimas 6) é a verdadeira definição de atleta multi-esporte. Jogou futebol, beisebol universitário e hóquei no gelo para uma liga profissional do sul.