Pular para o conteúdo principal
Resultados

Confira todos os resultados do UFC Vegas 17

Último evento de 2020 aconteceu neste sábado (19) no UFC Apex, em Las Vegas

A temporada de 2020 no Octógono chegou ao fim neste sábado (19) com o UFC Vegas 17, liderado pelo duelo entre Stephen Thompson e Geoff Neal. Confira todos os resultados do evento.

Confira as estatísticas de todas as lutas

Stephen Thompson vence Geoff Neal na última luta do ano

Stephen Thompson aplica soco em Geoff Neal no UFC Vegas 17

O veterano Stephen Thompson voltou a emplacar uma sequência de vitórias no Octógono e, após superar o brasileiro Vicente Luque em seu duelo anterior, levou a melhor também sobre Geoff Neal na última luta do Ultimate em 2020, vencendo por decisão unânime dos jurados após cinco rounds.

"Estou acostumado a adversidade no Octógono. Na luta com Vicente Luque, quebrei minhas duas mãos. Desta vez, machuquei meu joelho direito, mas você tem que esquecer isso e fazer o que você faz. Me sinto ótimo. Geoff Neal é muito duro. Toda vez que eu acertava, ele parecia uma pedra. Ele continuava andando para frente. Acertei um chute rodado na cara, e ele continuou vindo. Estou muito feliz com minha performance, mesmo com as lesões", disse Thompson.

José Aldo vence Marlon Vera por decisão

José Aldo aplica soco em Marlon Vera no UFC Vegas 17

O ex-campeão peso-pena José Aldo fez uma luta inteligente contra o embalado equatoriano Marlon Vera e conquistou sua primeira vitória entre os galos superando "Chito" por decisão unânime dos jurados após três rounds.

"Me sinto muito bem. Trabalhei muito duro para conquistar essa vitória. Eu precisava dessa vitória. Me senti muito bem lá dentro. Estou me acostumando ao peso-galo. Estou mais confiante nesse peso. Sei que tenho um longo caminho pela frente, por isso vou subir um degrau de cada vez", disse Aldo.

Michel Pereira vence Khaos Williams por decisão

O paraense Michel Pereira foi mais contido do que o normal em sua luta contra Khaos Williams, não usou muitos dos golpes voadores e rodados que havia mostrado em sua apresentação anterior, mas foi eficiente e conseguiu sua 2ª vitória no Octógono ao superar o norte-americano por decisão unânime.

"Eu vim para essa luta com uma estratégia. Sabia que meu oponente era muito perigoso, então entrei com estratégia, com técnica. Eu sabia que estava vencendo, então tentei manter o ritmo e sair com a vitória", disse Michel.

Rob Font vence Marlon Moraes por nocaute técnico

Rob Font aplica golpes no ground and pound em Marlon Moraes no UFC Vegas 17

O norte-americano Rob Font conquistou sua 3ª vitória consecutiva no Octógono, e possivelmente a mais impressionante de sua carreira, ao superar o brasileiro Marlon Moraes - então 3º colocado no ranking dos pesos-galo - por nocaute técnico no 1º round.

"Essa é uma grande vitória. Eu acabei de vencer o 3º do ranking. Vindo de lesão e há um ano afastado, não posso reclamar. Isso é enorme. Tive oportunidades como essa no passado e não capitalizei. Desta vez eu fiz de forma impressionante. Só errei o round. Achei que seria no 2º, mas consegui no 1º, então não posso reclamar", disse Font.

Marcin Tybura nocauteia Greg Hardy

Marcin Tybura trabalha o ground and pound em Greg Hardy no UFC Vegas 17

No duelo de pesos-pesados que abriu o card principal do UFC Vegas 17, o polonês Marcin Tybura se recuperou de um duro 1º round e usou sua experiência para virar o jogo no 2º, levando Greg Hardy para o chão e vencendo o norte-americano por nocaute técnico no ground and pound - sua 4ª vitória seguida no Octógono.

"A estratégia era com certeza colocá-lo para baixo. Sei que ele tem golpes pesados e senti isso no 1º round. Foi muito difícil derrubá-lo no 1º. Quando fomos para o clinch e ele me apertou, senti que era muito forte. Não técnico, mas muito forte. Sabia que precisava cansá-lo no 2º e então derrubá-lo. Foi um ajuste, mas também era o plano antes da luta", disse Tybura.

Anthony Pettis sai atrás, mas vira e vence Alex Morono

Anthony Pettis aplica joelhada em Alex Morono no UFC Vegas 17

Anthony Pettis continua mostrando que tem lenha para queimar no Octógono, mesmo pela divisão dos meio-médios. Após sofrer grande pressão de Alex Morono no 1º round, o ex-campeão dos leves se recuperou nos dois últimos assaltos, chegando próximo do nocaute a segundos do fim, e conquistou o 2º triunfo seguido nos 77 Kg.

"Eu achei que o nocauteei. Vi seus olhos rolarem para trás e ele não sabia onde estava. Após a luta, ele me perguntou: 'Com o que você me acertou?'. Ele é duro. Meu calcanhar ainda está doendo de ter acertado a cabeça dele. Foi um chute em cheio, e ele absorveu. Eu sabia que seria uma luta dura. Todos que lutam comigo trazem o melhor de si. Eles sabem que enfrentar 'Showtime' é a oportunidade de uma vida. Eu enfrento as melhores versões deles. Estou muito orgulhoso de mim mesmo. Mostrei muita vontade", disse Pettis.

Pannie Kianzad leva a melhor sobre Sijara Eubanks

Pannie Kianzad é declarada vencedora do duelo contra Sijara Eubanks no UFC Vegas 17

Em um equilibrado duelo entre pesos-galo Top 15, a sueca Pannie Kianzad conquistou sua 3ª vitória consecutiva ao superar a norte-americana Sijara Eubanks em decisão dos jurados após três rounds.

"É difícil se preparar para alguém como a 'Sarj' que tem muitas lutas, vitórias e derrotas contra boas oponentes. Quando vi sua luta contra Aspen Ladd, pensei: 'Essa vai ser uma luta dura'. Eu sabia que estava atrás após o 1º round, porque ela foi muito bem. Ela controla bem por cima, mas eu trabalho muito por baixo. Eu sabia que não ia finalizar, mas continuei tentando porque conta pontos", disse Kianzad.

Deron Winn supera Antonio Arroyo por decisão

Deron Winn é declarado vencedor da luta contra Antonio Arroyo no UFC Vegas 17

O norte-americano Deron Winn mostrou todo seu repertório no wrestling, derrubando diversas vezes o brasileiro Antonio Arroyo e se recuperando das duas derrotas consecutivas no Octógono com um triunfo por decisão unânime dos jurados.

"Honestamente, foi abaixo do esperado. Sei que cumpri meu trabalho, mas tenho trabalhado em muito mais coisas do que mostrei. Ainda sou novo no jog. Fiz muito neste último ano para melhorar meu jogo como um todo. Não estou desapontado. Estou feliz pela vitória. Tive um ano muito louco. Estou feliz com isso, mas foi abaixo do esperado", disse Winn.

Taila Santos vence Gillian Robertson por decisão

Taila Santos aplica golpe em Gillian Robertson no UFC Vegas 17

A brasileira Taila Santos conseguiu sua 2ª vitória consecutiva no Octógono em uma dura batalha de luta agarrada com a canadense Gillian Robertson, conquistando a decisão unânime dos jurados após três rounds.

"Eu tinha em mente manter a luta em pé, mas ela veio bem justa para quedar, não me deu espaço. Eu também estava preparada para a luta de solo, vi que estava indo bem e aceitei. Fiquei bem feliz por ganhar dela na área dela", disse Taila.

Nchukwi vence Pickett em duelo de estreantes

Tafon Nchukwi aplica chute em Jamie Pickett no UFC Vegas 17

Em duelo de estreantes contratados do Contender Series pelo peso-médio, o "Expresso Camaronês" Tafon Nchukwi manteve seu cartel invicto e conquistou a 5ª vitória na carreira ao superar Jamie Pickett em decisão unânime dos jurados.

"Acho que fui muito bem. Mostrei muito mais do que havia mostrado nas minhas lutas anteriores, mas estava buscando o nocaute. Queria encerrar o ano com todas vitórias por nocaute ou finalização, mas consegui a vitória. É uma boa forma de encerrar o ano", disse Nchukwi.

Jimmy Flick finaliza Cody Durden no 1º round

Jimmy Flick aplica triângulo e finaliza Cody Durden no UFC Vegas 17

Fazendo sua estreia no Ultimate, o peso-mosca Jimmy Flick conseguiu uma bela finalização após aplicar um chute alto, aplicando um triângulo voador para encerrar o duelo com Cody Durden ainda no 1º round.

"Sou faixa-preta de jiu-jítsu por um motivo. Amo jiu-jítsu e a finalização veio. Joguei o chute alto, ele segurou e eu tentei o triângulo voador. Veio naturalmente, como acontece no jiu-jítsu. Agora tenho 14 finalizações em 16 vitórias. Segue o jogo", disse Flick após a vitória.

Christos Giagos vence Carlton Minus por decisão

Christos Giagos aplica golpe em Carlton Minus no UFC Vegas 17

Apesar de aceitar o duelo com apenas dois dias de antecedência, Christos Giagos foi dominante no confronto de abertura do evento contra Carlton Minus, aplicando seguidas quedas e controlando o adversário durante a maior parte do tempo no chão para conquistar a vitória por decisão unânime.

"Eu só queria lutar uma vez esse ano, porque não lutava desde agosto do ano passado. Queria muito lutar esse ano. Achei que não conseguiria. Eu havia aceitado o fato de que não iria lutar e então meu empresário me ligou há três dias e disse: 'Surgiu uma oportunidade'. Eu adorei o confronto. Eu consegui a vitória", disse Giagos.

Resultados oficiais

Card principal

Stephen Thompson venceu Geoff Neal por decisão unânime (50-45, 50-45, 50-45);

José Aldo venceu Marlon Vera por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Michel Pereira venceu Khaos Williams por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Rob Font venceu Marlon Moraes por nocaute técnico aos 3m47s do 1º round;

Marcin Tybura venceu Greg Hardy por nocaute técnico aos 4m13s do 2º round;

Card preliminar

Anthony Pettis venceu Alex Morono por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Pannie Kianzad venceu Sijara Eubanks por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Deron Winn venceu Antonio Arroyo por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Taila Santos venceu Gillian Robertson por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-28);

Tafon Nchukwi venceu Jamie Pickett por decisão unânime (30-25, 30-26, 30-26);

Jimmy Flick venceu Cody Durden por finalização (triângulo) aos 3m18s do 1º round;

Christos Giagos venceu Carlton Minus por decisão unânime (30-26, 29-27, 29-28).

Assine o Combate | Siga o UFC Brasil no Youtube