Pular para o conteúdo principal
Notícias

Saiba quem são os brasileiros que estão perto de disputar o cinturão

O Brasil atualmente conta com dois cinturões no UFC: Amanda Nunes nos galos, e a mesma Amanda Nunes nos penas. Com defesas de título dominantes com nocautes e boas performances, a baiana de 31 anos alcançou o status de melhor lutadora de todos os tempos. 

Mas outros atletas brasileiros estão perto de ganhar uma chance de lutar pelo título, em suas respectivas categorias. Dois deles estão praticamente garantidos, enquanto alguns outros estão galgando o caminho até o cinturão. Fizemos uma lista e explicamos a situação de cada um deles. 

Deiveson Figueiredo CT
Deiveson Figueiredo

É talvez o brasileiro mais perto de disputar o cinturão. Deiveson era pra ter disputado o título contra Joseph Benavidez no UFC Norfolk, em fevereiro, mas não bateu o peso e o cinturão valia apenas para o norte-americano. Mas o brasileiro conseguiu impor o seu ritmo e nocauteou o adversário de uma forma brutal no segundo round. Dana White já disse em algumas entrevistas que a revanche entre os dois vai acontecer, mais uma vez valendo o cinturão dos moscas. 

Paulo Borrachinha

13 - 0 - com 5 vitórias no UFC, 4 por nocaute: esse é o cartel perfeito de Paulo Borrachinha. O brasileiro venceu Yoel Romero na última vez que esteve no Octógono e estava certo que enfrentaria o campeão Israel Adesanya, mas uma lesão o impediu de lutar. Adesanya acabou enfrentando e vencendo Romero, mas a luta que os fãs desejam assistir é contra Paulo Borrachinha. Dana White também já deixou claro que essa luta vai acontecer, mas ainda não sabemos quando.

Thiago Marreta

O carioca Thiago Marreta enfrentou o campeão Jon Jones no UFC 239, em julho de 2019, mas perdeu por decisão dividida dos juízes - um deles deu a vitória para o brasileiro. Marreta teve problemas nos joelhos logo no começo da luta, precisou sair de cadeira de rodas e alguns dias depois foi para a sala de cirurgia. A revanche entre os dois é uma luta muito comentada entre os fãs, mas ninguém sabe se será confirmada. Pesa contra o brasileiro fato de Jones ter defendido o cinturão contra Dminick Reyes em uma luta muito parelha

HERO - Jéssica Andrade walks to the Octagon before fighting Karolina Kowalkiewicz during the UFC 228
Jessica Andrade

Uma das atletas mais temidas da divisão, a brasileira Jessica Andrade foi nocauteada pela chinesa Weili Zhang e perdeu o título dos palhas. A ex-campeã disse ainda no Octógono que voltaria para a academia para treinar e em breve estaria disputando - e conquistando - o cinturão outra vez. A próxima luta da Jessica será contra a ex-campeã Rose Namajunas - que ela nocauteou no UFC 237, no Rio de Janeiro. A chance de a vencedora desse duelo disputar o cinturão contra Weili Zhang é bem grande.

Augusto Sakai

Vindo do DWCSB, Augusto Sakai ainda não sabe o que é perder no Octógono. Sua última vitória foi em setembro de 2019, quando nocauteou o veterano Marcin Tybura em apenas 59 segundos de luta. Aos 28 anos, Sakai talvez seja entre os nomes dessa lista o que está mais distante de disputar o título, mas uma vitória contra Blagoy Ivanov no UFC 250 o colocará ainda mais perto de realizar o sonho de tentar ser campeão.