Pular para o conteúdo principal
Atletas

Taila Santos revela motivações antes de estreia

Descoberta no Contender Series, catarinense luta no UFC Fortaleza

Muitos talentos foram revelados no Dana White’s Contender Series Brasil, e pouco a pouco os brasileiros contratados através do programa fazem suas estreias no Octógono mais famoso do mundo.

Um dos próximos nomes a lutar é Taila Santos. A atleta de Santa Catarina vai enfrentar Mara Romero Borella no UFC Fortaleza, em 2 de fevereiro, mas garante estar calma – assim como em todas as suas lutas – para o debute no Ultimate. Isso porque participar das gravações do programa serviu como “treino”.

“Lá no Contender a gente fez bastante coisa, filmagem e foto. Foi uma preparação, uma experiência bacana para a luta”, disse em conversa com a reportagem do UFC Brasil. “Estou preparada. É a realização de um sonho estar lá, fazer tudo isso. Vai ser maravilhoso”.

O UFC retorna a Fortaleza no dia 2 de fevereiro com a revanche entre Raphael Assunção e Marlon Moraes, além de muitas outras estrelas brasileiras. Garanta seu ingresso agora em: http://www.tudus.com.br/evento/ufc-fortaleza-2019

Brasil

Incentivo

Para essa estreia no UFC, Taila conta com dois grandes incentivos. O primeiro é a filha, Gloria, de um ano e três meses, que fará a viagem até o Nordeste para acompanhar a mãe.

“Ela vai para Fortaleza junto comigo. Nos treinos ela vai para a academia também, adora brincar no ringue, então meu marido leva. Ela fica lá em cima me vendo treinar. corre no tatame, me acompanha desde sempre. Com certeza, vou dedicar vitória para ela, meus familiares, quem acompanha meu trabalho. Mas para ela, especialmente”.  

O segundo grande incentivo é a parceira de treinos Sarah Frota. “A Treta” também foi participante do Contender Series, e faz sua estreia contra Lívia Renata em Fortaleza.

“É super bacana ter uma colega de treino que vai passar junto [por isso], porque é uma força a mais no treinamento. A gente está lá sofrendo, mas dá força uma para a outra, incentiva”.

Encontro com ídolo

Como todo lutador, Taila tem inspirações e ídolos no esporte, e um deles é o ex-campeão peso-pena José Aldo. A possibilidade de conhecer o manauara, que encara Renato Moicano no mesmo card, também é motivo de incentivo para a atleta.

“Muito satisfatório. Eu sempre o vi na TV, e sempre admirei. Agora saber que vou lutar no mesmo card que ele, vou poder tirar uma foto, dar um abraço, conversar, é muita satisfação”.