Pular para o conteúdo principal
Notícias

Amanda Nunes nocauteia Cris Cyborg e é a nova campeã peso-pena do UFC

Brasileira é a primeira lutadora a conquistar dois cinturões da organização ao mesmo tempo

Amanda Nunes falou que ia fazer história - e fez. A brasileira nocauteou de maneira avassaladora a compatriota Cris Cyborg ainda no primeiro round e conquistou o cinturão peso-pena na segunda luta mais importante do UFC 232, realizado no último sábado (29).

"Meu técnico sempre disse para ficar calma, que quando minha mão direita entrasse ele iria para o chão. Eu esperava que a luta terminasse desse jeito. Sou a primeira mulher a ser campeã de duas categorias do UFC. Eu falei a vocês, eu sou a maior. Dana, quero ir para o Hall da Fama", falou a nova campeã peso-pena e também campeã peso-galo no octógono.

VEJA A ENTREVISTA

Amanda e Cyborg não quiseram saber de se estudarem e foram logo para a trocação franca de golpes em pé. Em certo momento, a Leoa conseguiu balançar Cyborg, que não recuou e continuou a desferir golpes. Amanda então conectou outros socos no queixo de Cyborg, que foi ficando cada vez mais desnorteada e apagou de vez com um direto em cheio no queixo.

Com a vitória, Amanda se tornou a primeira lutadora a conquistar dois cinturões do UFC, enquanto Cyborg teve interrompida uma invencibilidade que durou 13 anos.

TODOS OS RESULTADOS DO UFC 232

CARD PRINCIPAL
Jon Jones venceu Alexander Gustafsson por nocaute aos 2m02s do 3º round;
Amanda Nunes venceu Cris Cyborg por nocaute aos 51s do 1º round;
Michael Chiesa venceu Carlos Condit por finalização (kimura) aos 56s do 2º round;
Corey Anderson venceu Ilir Latifi por decisão unânime (triplo 29-28);
Alexander Volkanovski venceu Chad Mendes por nocaute técnico aos 4m14s do 2º round;

CARD PRELIMINAR
Walt Harris venceu Andrei Arlovski por decisão dividida (27-30, 29-28 e 29-28);
Megan Anderson venceu Cat Zingano por nocaute técnico aos 1m01s do 1º round;
Petr Yan venceu Douglas D'Silva por nocaute técnico aos 5m do 2º round;
Ryan Hall venceu BJ Penn por finalização (chave de calcanhar) aos 2m46s do 1º round;
Nathaniel Wood venceu Andre Ewell por finalização (mata-leão) aos 4m12s do 3º round;
Uriah Hall venceu Bevon Lewis por nocaute aos 1m32s do 3º round;
Curtis Millender venceu Siyar Bahadurzada por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27);
Montel Jackson venceu Brian Kelleher por finalização (triângulo de mão) aos 1m40s do 1º round.

Assine o combate | Siga o UFC Brasil no Youtube

Amanda Nunes é a maior lutadora da história do UFC?

Respostas